Antigo edifício do Banespa dá lugar a Farol Santander

Aberto à visitação pública desde janeiro de 2018, o espaço cultural Farol Santander, no centro da cidade de São Paulo, remete à história do país. Trata-se das instalações do antigo edifício do Banco do Estado de São Paulo – Banespa, de 35 andares, situado na Rua João Brícola, 24. 

No hall de entrada, com pé direito de 16 metros, o visitante pode admirar a decoração art déco e um lustre de 13 metros e uma tonelada, instalado em 1988. Click: Giovani Santos

Conhecido como prédio do Banespa, o antigo edifício Altino Arantes foi restaurado e transformado em centro de cultura, entretenimento e lazer. 

Guichês da antiga instituição bancária e salas de atendimento aos clientes do Banespa estão no 3º andar. Click: Giovani Santos

Além de um mirante que permite uma ampla visão do centro da capital paulista e uma pista de skate, o Farol Santander conta com espaços para exposições e mobiliário que remete à memória financeira do século XX. 

Com vidros de proteção, no 26º andar, o mirante permite ao público contemplar a cidade a uma altura de 160 metros. Click: Giovani Santos

A bandeira do estado de São Paulo tremula no topo do prédio, que tem também um farol. A construção do edifício, localizado no centro financeiro da cidade – entre as ruas São Bento, XV de Novembro e Direita – foi iniciada em 1939, concluída em 1947 e entregue pelo governador Ademar de Barros.

O projeto foi inspirado na arquitetura art decó do famoso edifício Empire State Building, em Nova Iorque. Com 35 andares e 161 metros de altura, a obra foi considerada a maior construção de concreto armado do mundo e, por cerca de 20 anos, foi o edifício mais alto de São Paulo. 

Instalação do artista plástico Vic Muniz feita com sucatas de materiais de restauração do edifício. Click: Giovani Santos.

Mobiliário e lambris em jacarandá e retratos de presidentes do antigo Banco Agrícola – antes de virar Banespa e, depois, Santander – estão no quinto andar do prédio. Click: Giovani Santos

Em 2000, o prédio foi incorporado ao patrimônio do banco espanhol Santander que comprou o Banespa. Em 2014, o edifício foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo. 

“Trem das Onze – Uma Viagem Pelo Mundo de Adoniran” é a mostra sobre a vida e obra do paulista Adoniran Barbosa que permanece no 22º e 23º andar do Farol Santander até 30 de dezembro de 2018. Click: Giovani Santos

Serviço: O Farol Santander fica na Rua João Brícola, 24 – Centro. Ingressos no local ou pelo site: www.farolsantander.com.br

Um dos espaços especiais da exposição sobre Adoniran Barbosa é a Sala da Garoa, com chão espelhado, teto com guarda-chuvas e nas paredes fotos dos lugares em que o artista gostava de passear. Click: Giovani Santos

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *