Paulistanos “da gema” e turistas se encontram no Mercadão

Quem está de passagem pelo centro histórico da cidade de São Paulo costuma incluir no roteiro uma visita ao Mercadão, o Mercado Municipal Paulistano. É lá onde se encontra aquela fruta que veio do outro lado do planeta e iguarias do mundo todo. 

Uma imensa variedade de frutas perfuma os corredores do Mercadão. Click: Giovani Santos

Inaugurado em 1933, o prédio destinado a ser entreposto comercial foi projetado pelo engenheiro Felisberto Ranzini, também autor dos projetos do Teatro Municipal de São Paulo e da Pinacoteca. 

Foi reformado em 2004, com a recuperação da fachada, restauração dos 55 vitrais e construção de um mezanino destinado a  restaurantes e uma cozinha gourmet para aulas e eventos.

Os 55 vitrais de autoria do artista russo Conrado Sorgenicht Filho mostram diversos aspectos da produção de alimentos. Click: Giovani Santos

Ocupa uma área de 12.600 metros quadrados, situada entre as ruas Cantareira, Comendador Assad Abdalla e as avenidas do Estado e Mercúrio, perto do rio Tamanduateí. 

Várias opções de cardápio nos restaurantes do mezanino do Mercadão. Click: Giovani Santos

No Mercadão circulam, semanalmente, cerca de 50 mil fregueses, atendidos por mais de 1.500 funcionários. Cerca de 350 toneladas de alimentos são movimentadas diariamente em 290 boxes.  

Degustação é quase obrigatória nos boxes do Mercadão. Click: Giovani Santos

Num lugar em que os números são grandes, o principal atrativo é um sanduíche de mortadela com uma enorme quantidade de recheio – são tantas fatias dobradas (cerca de 300 gramas) que o pão nem aparece. 

Pão, mortadela, queijo e tomate nesse caprichado sanduíche. Click: Giovani Santos

Conta-se que o lanche surgiu nos anos 1960, resultado de uma brincadeira entre os funcionários de um bar aberto por descendentes de portugueses no mesmo ano da inauguração do mercado. Depois de algum tempo, o pão com generoso recheio de mortadela passou a ser copiado por outros bares paulistanos e virou um dos atrativos gastronômicos da capital paulista.

Ambiente agradável e bom atendimento nos restaurantes do Mercadão. Click: Giovani Santos

O pastel de bacalhau é outra delícia responsável por formar filas no Mercadão. E há diversas outras opções de lanches rápidos, como o bolinho de bacalhau, e refeições completas que vão desde pratos típicos do Nordeste do Brasil à cozinha japonesa. É só escolher e saborear!

Serviço: O Mercadão – Mercado Municipal Paulistano – fica na Rua da Cantareira, 306, Centro – São Paulo – SP / Brasil.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *