Os destemidos pilotos do Wall of Death

Os destemidos pilotos do Wall of Death – Muro da Morte – são responsáveis por uma carga extra de adrenalina no público, que observa atento as manobras feitas em alta velocidade, em um ângulo de 90 graus.

É emocionante assistir à apresentação do show. Click: Giovani Santos

A atração resultou em longas filas no BMS Motorcycle 2019, realizado entre 16 e 18 de agosto, na Usina 5, em Curitiba.

Os três pilotos do Wall of Death e a jornalista Susana Branco. Click: Giovani Santos

Além dos pilotos Math Beans, Thiago Bactéria e Tike Vigarista e do locutor João Lima, outras cinco pessoas fazem parte da equipe da atração, desenvolvida pelo paranaense Cezinha Mocelin, após conhecer projetos semelhantes em outros países.

Os três jovens pilotos terminam a apresentação com manobras simultâneas. Click: Giovani Santos

Único Muro da Morte da América Latina, o Wall of Death é uma iniciativa curitibana. Exerce papel fundamental no resgate histórico e cultural do mundo de duas rodas, apresentando acrobacias inéditas. 

Um dos pilotos chega bem perto do público. Click: Giovani Santos

Cada uma das apresentações realizadas durante os três dias do evento fez vibrar os presentes, no interior de uma estrutura construída em aço e madeira no formato de círculo, com 9m de diâmetro e 4m de altura.

A habilidade dos pilotos do Wall of Death impressiona. Click: Giovani Santos

Debruçadas sobre o “palco” – uma espécie de poço de madeira -, as pessoas vibraram com três jovens motociclistas que subiam pelas paredes em motocicletas Honda modificadas. 

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *